Filed under How To Draw A Car

In this long-awaited follow-up to the best-selling first edition of How to Draw Cars Like a Pro, renowned car designer Thom Taylor goes back to the drawing board to update his classic with all-new illustrations and to expand on such topics as the use of computers in design today. Taylor begins with advice on selecting the proper tools and equipment, then moves on to perspective and proportion, sketching and cartooning, various media, and light, shadow, reflection, color, and even interiors. Written to help enthusiasts at all artistic levels, his book also features more than 200 examples from many of today’s top artists[Read More]
Tags:
December 28, 2010 by Michelle
Filed under How To Draw A Car
Understanding how to draw a 3d car isn’t as difficult as one might think. Many people would love to be able to learn how to draw a car a lot better than they already do. Instead, people get stuck drawing 2d models that look like a group of seven year old children whom sat down […]
Tags: 3d car, 3d cars, draw 3d cars, draw a 3d car, drawing a 3d car, how to draw a 3d car, How To Draw A Car
December 28, 2010 by Michelle
Filed under Drawing Software
Overall Rating:
Total Customer Reviews: (13)Seller: Amazon
CorelDRAW Graphics Suite X5 Education Edition
Tags:
December 14, 2010 by Michelle
Filed under How To Draw A Car
So you want to learn how to draw cars like a pro, eh? Well, join the club, because not everyone is born an artist with natural talent. In fact, most artists were not born with the talent developed. Even the most adept painters and illustrators often spend years practicing and perfecting their craft. It’s also […]
Tags: draw cars, drawing cars, How To Draw A Car, how to draw cars like a pro, learn how to draw cars
December 5, 2010 by Michelle
Filed under How To Draw A Car
Have you always wanted to learn how to draw cars?  It isn’t as hard as you might think.  Drawing cars for the fun of it has been made much easier due to the online sites that now tell you step-by-step how.   Using a great web site such as “How To Draw Cars” is a […]
Tags: books on how to draw cars, by step how to draw cars, hot to draw cars, How To Draw A Car, how to draw cars, how to draw cars and trucks, how to draw cars like a pro, how to draw cartoon cars, learn how to draw cars
Next Page »

como ter boa reputação na web

Google
A funcionária do Google Susan Moskwa fez nesta quinta-feira (15) um post no blog oficial da empresa com dicas sobre como manter uma boa reputação na internet. Seus conselhos são úteis para os internautas não se arrependerem futuramente quando fizerem uma busca on-line e se depararem com informações que gostariam de deletar de suas vidas. Aquela foto horrorosa, um texto mal-escrito ou uma crítica da qual você depois se arrependeu, por exemplo.
A própria Susan relata no post uma situação desse tipo, pelo qual ela passou. “Há alguns anos, mal podia esperar para me casar. Porque eu estava apaixonada, claro, mas, mais importante, porque eu usaria o sobrenome do meu marido. Assim, as pessoas não encontrariam mais aquela foto ridícula da faculdade no topo dos resultados, quando me procurassem no Google”, contou.
Com base em sua experiência no Google, ela diz ter aprendido que não é necessário mudar de nome para evitar constrangimentos desse tipo. Confira abaixo as dicas de “gerenciamento de reputação: a influência de como você é percebido on-line e que tipo de informação relacionada a você está disponível”.
Informação pessoal

A funcionária do Google aconselha os internautas a pensarem duas vezes antes de colocarem qualquer informação pessoal na web. “Lembre-se que, apesar de algo ser apropriado para o contexto em que está sendo publicado, as ferramentas de busca tornam muito fácil encontrar essas informações depois, fora do contexto, inclusive por pessoas que normalmente não visitam o site onde os dados foram originalmente publicados”, diz o post.
Ou como “traduz” a própria Susan: “não é porque sua mãe não lê seu blog que ele nunca verá o post sobre a nova tatuagem que você está escondendo dela”.
Delete
Se algo que você não gosta de algo sobre você, que aparece com frequência nos resultados das buscas, tente remover essa informação do site onde ela foi publicada. Se a foto horrorosa está em seu próprio blog, delete-a. Se aquela crítica agressiva estiver no blog de um desconhecido ou outra página, entre em contato e veja se é possível apagar o conteúdo. “O Google não é dono da internet. Os resultados das nossas buscas apenas refletem o que já foi publicado em algum lugar da rede”, diz o post.
Se as informações forem realmente deletadas, o internauta que se sentia prejudicado deve então entrar nesta página do Google e pedir para remover o conteúdo que já não está mais ativo.
Publique informação
É possível que o responsável pela página com as informações que o incomodam se recuse a deletar esse conteúdo. “Se não conseguir a remoção do site original, provavelmente você também não conseguira tirar essa informação das buscas do Google. Em vez disso, você pode tentar reduzir a visibilidade daquele conteúdo publicando informações úteis e positivas sobre você mesmo”, sugere Susan.
Segundo ela, se o internauta conseguir fazer com que as informações positivas se sobreponham às negativas, ele terá reduzido o impacto negativo em sua reputação ou constrangimento causado por aqueles dados disponibilizados na rede.
Redação G1

Digital Generation

Nunca se lembrou que poderia fazer render o seu computador alugando-o, mas agora já é possível. Num sistema visionário e inovador de acesso remoto em que várias empresas lhe alugam o CPU.
A Digital Generation é a empresa que avançou com o conceito de Processamento Distribuído, um sistema que interliga vários nós de processamento (computadores individuais) de de forma a atingir um processo de grande execução computacional.
A nomenclatura geralmente utilizada neste contexto é HPC (High Performance Computing) e/ou DPC (Distributed/Parallel Computing). Por enquanto é pouco conhecido mas tudo indica que a seguir à revolução de dados em Cloud vamos assistir ao Cloud Processor.Como é que podemos alugar o nosso processador e ganhar dinheiro com isso?

A Digital Generation paga este aluguer ao dia, e o que o utilizador disponibiliza do processador são apenas 10% (sendo que pode dispensar/alugar mais) logo não vai afectar em nada o funcionamento habitual do seu computador.
No plano de adesão gratuita, a empresa paga $1 dólar por dia para que o utilizador mantenha o seu computador ligado com o programa da Digital Generation a funcionar.  Ou seja $30 por mês, sem pagar nada.

Evolução de ganhos com a Digital Generation
Os ganhos começam a partir de $1 dólar por dia, podendo chegar até no máximo 100 dólares diários por cada PC, a cada 24 horas deixando o PC ligado. Caso deixe menos tempo, será proporcional ao tempo ligado. É claro também que deve deixar conectado a internet.
De resto não mais nenhum compromisso neste processo de aluguer do seu processador, os passos são simples:
1 – Registar-se neste link <<
2 – Fazer download do programa no site (é seguro, não tem vírus)
3 – Confirmar a conta por SMS, é só seguir os passos no site.
4 – Abrir o programa e deixar ligado o máximo de tempo possível.
5 – Todos os dias pedir o envio do que ganhou para a sua conta.